Bem Vindo ao Tribuna do Oeste - 6 Anos Alimentando Você com Informações Políticas !

Bolsonaro levanta suspeita de interferência externa em eleições no Brasil e EUA

Publicado em: 03/11/2020
Bolsonaro levanta suspeita de interferência externa em eleições no Brasil e EUA

Trump recebe Bolsonaro na Casa Branca | Foto: Divulgação / PR

Com a eleição para a Presidência dos Estados Unidos nesta terça-feira (3), o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) decidiu comentar o cenário político. Em uma série de mensagens que misturam o pleito atual, entre o republicano Donald Trump e o democrata Joe Biden, com a próxima eleição presidencial brasileira, Bolsonaro destacou o interesse que a corrida eleitoral estadunidense desperta em todo o mundo.

 

“Até por isso, no campo das informações, há sempre uma forte suspeita da ingerência de outras potências, no resultado final das urnas”, compartilhou, sugerindo que o processo eleitoral pode ser corrompido por interferências externas.

 

Na sequência, em uma série de postagens no Twitter, ele fala da situação do Brasil, cuja política, especialmente em relação ao meio ambiente, é alvo de questionamentos da comunidade internacional. A ala política do governo Bolsonaro até já admite a necessidade de mudar a postura caso o ex-presidente Joe Biden saia vitorioso da eleição (veja aqui).

 

“No Brasil, em especial pelo seu potencial agropecuário, poderemos sofrer uma decisiva interferência externa, na busca, desde já, de uma política interna simpática a essas potências, visando às eleições de 2022”, disse o brasileiro, que já se coloca como candidato à reeleição.

 

No caso dos Estados Unidos, Bolsonaro não citou nomes, mas é sabido que ele é mais que simpático ao governo Trump, personalidade política que o inspira.

 

Ao longo da mensagem, ele reforçou ainda que é preciso saber “o porquê e por ação de quem” a “América do Sul caminha para a esquerda” e destacou que a liberdade continua sendo ameaçada. “Nessa batalha, fica evidente que a segurança alimentar, para alguns países, torna-se tão importante e aí se inclui, como prioridade, o domínio da própria Amazônia”, finalizou.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *