Bem Vindo ao Tribuna do Oeste - 6 Anos Alimentando Você com Informações Políticas !

Lava Jato denuncia Wassef, ex-advogado dos Bolsonaro, por peculato e lavagem de dinheiro

Publicado em: 25/9/2020
Lava Jato denuncia Wassef, ex-advogado dos Bolsonaro, por peculato e lavagem de dinheiro

Foto: Reprodução/ TV Globo

A Lava Jato do Rio denunciou o advogado Frederick Wassef, que já representou o presidente Jair Bolsonaro e o filho mais velho dele, o senador Flávio Bolsonaro, por peculato e lavagem de dinheiro.

 

De acordo com o G1. foram encontradas movimentações suspeitas de recursos supostamente desviados da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Rio de Janeiro (Fecomércio-RJ). A acusação formal foi feita no âmbito da operação E$quema S, que mira escritórios de advocacia e o mundo jurídico.

 

Também foram denunciados Orlando Diniz, ex-presidente da Fecomércio-RJ; o empresário Marcelo Cazzo, que teria apresentado Wassef para o grupo; e as advogadas Marcia Carina Castelo Branco Zampiron e Luiza Nagib Eluf.

 

Segundo a denúncia, o escritório de Luiza foi usado para repassar R$ 4,475 milhões a Wassef. A Lava Jato afirma que houve contratações fraudulentas, “pois ou os serviços arrolados não foram prestados ou foram prestados no interesse exclusivo de Orlando Diniz (então presidente da Fecomércio), para, por exemplo, a perseguição de adversários pessoais”.

 

Também foram alvos da operação, em sua segunda fase, os advogados Cristiano Zanin e Roberto Teixeira, que defendem o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, e parentes ligados a magistrados das altas cortes do país, como Eduardo Martins, filho do atual presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *